blog Estudos de Direito

blog Norma tecnológica

Conforme a proposta da obra O operário e o padre, um espaço foi dedicado para atender à curiosidade do leitor sobre o que ocorreu com os personagens - Raul e Hélio - após aqueles anos de 1960, quando fundaram o Sinmetal.

 

Algumas das coisas destacadas estão resumidas adiante.

FACETAS DE RAUL CLEMENTE PEREIRA

RaulRaul era impetuoso, forte, disposto. O tempo era sempre menor que as necessidades dele. Sem tempo para perder, não deixava nada para depois:

 

 

"Para amanhã, não! Para agora...".

 

 

 

 

 

RAUL SINDICALISTA

Cassado no início da década de 1970, quando era presidente da Federação estadual dos Metalúrgicos, Raul passou vários anos sofrendo a discriminação da condição de cassado.

 

O VEREADOR - O HOMEM DO MARTELO - E OS APOSENTADOS

Eleito em 1992, assumiu o mandato de vereador de Blumenau nos primeiros dias de 1993. Fez da casa uma tribuna para a defesa dos direitos dos idosos.

 

"Essa não é a idade de ouro. É a idade do chumbo, quando todo o cuidado e apoio são necessários."

 

"Tentam, o tempo todo, nos convencer de que o idoso vive a melhor idade. Essas pessoas ou não viveram as idades anteriores ou não viveram a terceira."

 

Assim, Raul desacreditou na fé baseada em impensadas e hipócritas constatações de quem não conhecia a realidade do idoso. Nos seus anos de final de vida, clamou, sempre, contra os estereótipos criados para sufocar a luta necessária dos idosos pela melhoria de suas condições de vida.

 

"Neste país não se vive de aposentadoria. Morre-se de aposentadoria."

 

COMENDA DO MÉRITO MUNICIPAL RAUL CLEMENTE PEREIRA

Postado em 27-04-2010 11h30m

 

Nesta quarta-feira, 28 de abril de 2010, às 15H00, no auditório da Prefeitura de Blumenau, a Câmara Municipal  vai entregar as três primeiras "Comendas do Mérito Municipal Raul Clemente Pereira".

 

A Comenda foi instituída por Decreto Legislativo de 7 de julho de 2009 e será concedida, no terceiro ano de cada legislatura, na semana que antecede o 1° de maio, para pessoas escolhidas pela Câmara Municipal. 

 

No mesmo local em que foi velado, 5 anos antes, Raul Clemente Pereira virá seu nome eternizado, doravante, em cerimônias do legislativo blumenauense. Seu nome será usado para homenagear pessoas que, na visão dos senhores legisladores, merecem ser reconhecidas pelo amor que tiveram ao trabalho durante suas vidas. 

 

COMENDAS ENTREGUES EM 2011

O portal da Câmara Municipal de Blumenau destaca a solenidade de entrega de 4 comendas, em 2011. Veja:

 

http://www.camarablu.sc.gov.br/comendas/comendaraul/2011/comendarauljun2011.htm

 

No portal, consta o seguinte texto:

 

"A condecoração foi entregue, na tarde desta quarta-feira (04/05/2011), ao mecânico industrial, Alcides Alves de Oliveira, através do Vereador JOÃO JOSÉ MARÇAL; ao jornaleiro aposentado Antônio de Souza, por indicação do Vereador JENS JUERGEN MANTAU; a técnica de enfermagem, Iraci ickert Deschamps, por iniciativa do Vereador VÂNIO SALM e pelos serviços comunitários prestados, ao aposentado Nicodemos Deschamps, através do Vereador ANTÔNIO JOÃO VENEZA.

 

O primeiro a receber a homenagem foi Alcides Alves de Oliveira. O autor da moção João José Marçal destacou a trajetória do morador de Blumenau. “Ele veio para a cidade em busca de uma vida melhor. Trabalhou 14 anos na Sulfabril. Devido a seu empenho junto aos companheiros de trabalho, a sua dedicação e atenção, foi eleito vice-presidente do Sintrafite”. O homenageado agradeceu. “Quando a gente entra numa luta, deve sempre buscar o melhor para o trabalhador, para comunidade e para nós mesmos. O meu trabalho começou na associação de moradores. Hoje fico muito feliz pelo lugar que alcancei. Agradeço a comunidade que confiou em mim”.

 

“Quem não sentir a satisfação do trabalho, tão pouco sentirá o valor do trabalho”, proclamou o Vereador Jens Juergen Mantau ao homenagear Antônio de Souza. A humildade e dedicação do jornaleiro aposentado lhe renderam a honraria. “Na região em que vendia o jornal, a comunidade não tinha assinatura do meio de comunicação que também não era vendido em banca e mercados. Sendo assim, desenvolveu essa atividade comunitária” observou. Antônio de Souza fez um breve agradecimento e citou o apoio que Mantau presta a terceira idade. “Falo pouco, porque só aprendi a trabalhar”, disse.

 

Ao falar da técnica de enfermagem Iraci Wickert Deschamps o Vereador Vânio Salm destacou a sua imensa dedicação a comunidade. Disse que ela foi a primeira enfermeira do AG da Velha e desempenhou também atividades voluntárias em outras áreas. Em depoimentos gravados, várias colegas destacaram a sua coragem e dedicação para ajudar as pessoas.

 

Iraci Deschamps se mostrou emocionada com as declarações de colegas de profissão. Disse que trabalhar na enfermagem é algo que faz com amor. “Na infância já cuidava de minha avó materna. Nunca pensei em homenagem e a minha recompensa é assistir a melhora dos pacientes”, revelou.  Ela também pediu mais reconhecimento a área da saúde.

 

O Vereador Antônio João Veneza prestou honraria a Nicodemos Deschamps, um dos fundadores da Comunidade Católica São Domingos Sávio, na Itoupava Central. “Em sua vida destaca-se o trabalho comunitário voluntário. Foi por sete anos consecutivos presidente da diretoria da capela. Na gestão dele construiu-se o primeiro espaço apropriado para a realização de cultos”, destacou. Após receber a moção, Nicodemos disse sentir-se muito feliz pela homenagem. “Ninguém constrói uma história sozinho. Esta homenagem é para todos que trabalharam ao meu lado. Fiquei surpreso com a indicação, julgando-me sequer merecedor da mesma”, revelou."

 

 

Simples e independente.

 

 

Raul amou a vida, apesar de ter percorrido seus anos com imensa simplicidade.

 

Nascido de pais muito humildes e tendo que participar, desde cedo, do trabalho necessário para sustentar seus outros 8 irmãos - só um deles era mais velho que ele - Raul não se deixava abater.

 

Era senhor dos seus atos. Suas decisões eram sempre muito independentes.

 

 

Mecânico

 

Raul trabalhou em muitas coisas. Mas foi a mecânica que sempre o encantou.

Dotado de um raciocínio abstrato maravilhoso, adorava passar horas sobre máquinas que não funcionavam, examinando a mecânica, as engrenagens, as sequências de tudo para fazer o mecanismo funcionar.

 

Durante muitos anos de sua vida dedicou-se à mecânica. Em Tubarão, Urussanga, Criciúma e Blumenau.

 

Em Criciúma, trabalhou vários anos na revenda chevrolet, atividade que retomou em Blumenau, na revenda Royal, na rua 7 de Setembro.

 

Esse recomeço foi necessário porque, após ser aprovado para trabalhar na Eletro Aço Altona, foi sumariamente impedido de assumir o serviço. Seu nome constava da relação do exército daquelas pessoas que não podiam trabalhar naquela empresa.